CoronavírusEmpresarial

Os benefícios do trabalho Home Office para empresas de tecnologia

Primeiramente cabe destacar a diferença entre Home Office e Tele Trabalho, pois são formas distintas do contrato de trabalho e que devem ser levadas em consideração em suas utilizações. De um lado o Home Office é apenas a mudança temporária da sede da empresa para residência do colaborador, já o Tele Trabalho é uma modalidade na qual o colaborador também labora fora das dependências da empresa, porém não especificamente na residência do mesmo. Outro ponto de grande distinção entre as modalidades é que o Tele Trabalho não existe o controle de jornada, seguindo o rito do artigo 62 da CLT.

O Home office, já é uma realidade trazida pelo artigo 6º da Consolidação das Leis Trabalhistas.

A modalidade Home Office já vem sendo utilizado por algumas empresas, e em sua maioria em empresas de tecnologia.

Neste atual cenário em que estamos passando com a pandemia do COVID-19 (Corona Vírus), as empresas que conseguirem adotar este sistema de Trabalho é um meio estratégico e de muita eficácia, e sabe porque ¿

Note os benefícios em que este sistema de trabalho irá ajudar sua empresa a continuar com sua rotina, e sem ter maiores dores de cabeça:

Powered by Rock Convert
  • Primeiro porque com os funcionários trabalhando em Home Office, todo custo que a empresa teria com Energia, equipamento de escritório, água, será uma economia bem considerável;
  • Segundo ponto em que podemos elencar seria a produtividade de seus funcionários, que irão continuar, e conforme muitos estudos, o trabalho home office é mais produtivo, pois diminui ansiedade, síndrome de burnaut, deixando seu colaborador mais à vontade para sua criatividade.
  • Mais um ponto e não menos importante é que a empresa continua realizando a manutenção de seus funcionários, não precisando posteriormente ter gastos com novas contratações, treinamentos dentre outros.

Mas você deve estar se perguntando, tudo bem, mas como é controlado esse trabalho, já que estarão todos em fora da dependência da empresa ¿

Resposta é bem simples, existem formas eficazes de se controlar a jornada de seus funcionários, na qual envolvem, Tempo em produtividade, ou seja, conteúdos que o mesmo precisa produzir por dia, ou o que seria algo mais Eficaz, existem excelentes aplicativos no qual os funcionários com um simples tocar de dedos marcam seu ponto de entrada, almoço e saída, assim você empregador, consegue sem dúvida ter um controle adequado sobre sua equipe. Em alguns casos o empregado para trabalhar precisa logar em um sistema próprio da empresa, o que por si só demostra a jornada feita pelo mesmo.

Algo que é muito importante e que precisamos de fato saber sobre Trabalho Home Office:

  • O controle de Jornada poderá ser fixado entre as partes em contrato ou aditivo contratual de Trabalho;
  •   Contrato de Trabalho: Outro ponto é que para a empresa deseja colocar seus trabalhos em Home Office é muito importante realizar um contrato de Trabalho ou aditivos contratuais, estipulando os direitos e deveres do empregado em Home Office, inclusive se a empresa desejar controlar a jornada de trabalho é possível convencionar entre as partes, tende sempre o aceite por parte do trabalhador.
  • OBS: caso a empresa esteja realizando temporariamente o trabalho em Home Office, é imprescindível que deixe bem claro ao trabalhador sobre o motivo, seja por escrito ou por meios digitais, como e-mail, whatsapp.

Salienta-se que com a medida provisória, o prazo para a comunicação do trabalhador é de 48horas.

Sim, a Economia que a empresa ganhará com o Home Office pois é uma excelente estratégia a ser adotada, para que continue com sua produção e lucratividade, só cabendo observar os termos jurídicos para que não venha posteriormente ter algum problema.

Gustavo Cicotoste é bacharel em Direito pelo Centro Universitário Eurípides de Marília- (UNIVEM), advogado especialista em Direito do Trabalho no escritório AOM assessoria e consultoria Jurídica.

Note os benefícios em que este sistema de trabalho irá ajudar sua empresa a continuar com sua rotina e sem ter maiores dores de cabeça.
Gustavo Cicotoste
JURÍDICO TRABALHISTA
Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *